13/11/2008

Sopa de pedra

Esta é mais uma das tantas histórias de Pedro Malasartes, um tipo bastante comum em nossa cultura brasileira, trazido pelos portugueses colonizadores dos anos de 1500.

Pedro é um sujeito esperto, contra o trabalho e cheio de jeitos de tentar ganhar a vida de um jeito mais fácil. Assim como os patrícios - homens ricos ou esperançosos de se tornarem muito ricos - que não queriam trabalhar, tanto é que exploraram como puderam os ameríndios e, depois, os africanos, Malasartes, ao contrário, é pobre. Exatamente por isso, está sempre em busca de uma forma de, sorrateiramente, levantar alguma grana.

Em Sopa de pedra, ele fatura uma aposta sobre uma velha chamada de unha de fome, que nem risada dá...

As fotos abaixo são de um grupo de alunos do curso de Pedagogia da Faculdade Sumaré. Venho, há algum tempo, trabalhando teatro com eles. E esta foi a primeira apresentação do grupo num evento da faculdade, unidade Imirim, no último dia 8 de novembro. São eles: Didi, Míriam, Sirleide, Rosana, Selma e Patrícia.

Foi bem legal!!!

BubbleShare: Share photos - Play some Online Games.

3 comentários:

  1. Anônimo10:30

    Adorei, as fotos por favor me mande por e-mail porque nao consegui baixar

    ResponderExcluir
  2. Miriam10:41

    Donizete é um ótimo professor ,muito dedicado e com certeza a peça ficou muito boa porque tivemos a direção e toda a assistência dele ...é muito bom fazer parte deste grupo .bjos Miriam

    ResponderExcluir
  3. Será que também teremos projetos como este?!

    ResponderExcluir